Laboratório Exata

Blog

/

Arquivo: julho/2018

Enxofre: elemento fundamental para a soja

Publicação: 09/07/2018 às 14:28 | Autor: Laboratório Exata | Comentários: 0

     O enxofre (S) é um dos nutrientes mais importantes para o desenvolvimento da soja. Foram observados altos rendimentos da planta com suprimento de S via adubo: a Embrapa Soja conduziu experimentos que revelaram aumentos da ordem de 100 a 500 kg/ha em resposta à aplicação no solo de quantidades entre 25 a 75 kg/ha de S. Tal aplicação deve ser analisada em cada caso, pois diversas condições influenciam no processo, como temperatura; umidade do solo; pH; textura e matéria orgânica do solo; dose do fertilizante aplicado.
     A principal função do enxofre é estrutural, pois compõe quatro aminoácidos: cistina; metionina; cisteína e taurina (os dois primeiros são essenciais ao metabolismo humano e só são produzidos pelas plantas superiores). Nas transformações bioquímicas da soja, o S é um elemento catalisador das principais reações que envolvem o fósforo. Participa do metabolismo do nitrogênio – que é de importância vital para a soja, e faz parte da composição da tiamina (vitamina B1), da biotina e da coenzima A, essenciais para a nutrição humana e para a respiração celular.
     Quando há deficiência de S para a soja, os sintomas aparecem nas folhas novas, em forma de clorose (amarelecimento). Em estágios mais avançados, há o crescimento reduzido das plantas, devido à menor produção de proteínas e acúmulo de Nitrogênio solúvel ao invés de proteico. A deficiência também pode se expressar em menor nodulação e desenvolvimento radicular em soja.
São recomendadas análises de solo (incluindo análise de subsolo) e análise foliar para o diagnóstico da disponibilidade de S para a soja. Nesse caso, a análise química do solo tem se baseado principalmente na determinação dos teores de sulfato, e por meio de amostragens da camada superficial (0 a 20 cm) e subsuperficial (20 a 40 cm), devendo ser tomadas em pelo menos 20 subamostras.
     Em áreas tropicais, como a do nosso país, deve ser redobrada a atenção com os níveis de S no solo, pois são áreas que apresentam solos mais intemperizados, com baixos teores de S (devido à alta lixiviação do nutriente).
Em caso de determinação de deficiência do enxofre, algumas opções de manejo para correção são a adubação de superfosfato simples; sulfato de amônio; gesso natural – por meio de resíduos orgânicos, como a vinhaça; ou por tecnologias mais recentes, que utilizam o enxofre elementar.

Diferenciais Exata

Pode comparar. O Laboratório Exata é o líder no Centro-Oeste e um dos melhores do país, oferecendo o melhor custo-benefício
e-box - Sitevip InternetSitevip Internet